Sabatina de André Mendonça ao Supremo será “mais política do que técnica”, diz Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro comentou, nesta segunda-feira (23), que a sabatina do indicado ao Supremo Tribunal Federal (STF), o ex-Advogado-Geral da União (AGU) André Mendonça, será agendada em breve, mas deve ter um caráter “mais político do que técnico”.

- Ali (no Senado) passa por um julgamento mais político do que técnico. Esperamos que ele (André Mendonça) seja sabatinado nos próximos dias, porque sempre tem uma oposição, não interesse quem indique - lamentou Bolsonaro.

Bolsonaro disse que Mendonça se comprometeu a levar ideais do Governo Federal para dentro da Suprema Corte. Uma dessas mudanças seria uma oração no início de cada sessão plenária.

- Deus vai fazer muito bem àquela corte - explicou.

A sabatina de Mendonça já era para ter acontecido, no início de agosto, logo depois de voltar do recesso parlamentar. Mas, o presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da casa, o senador Davi Alcolumbre (DEM-AP), está protelando agendar. Ao que tudo indica, os opositores estão revidando a ofensiva de Bolsonaro em pedir o impeachment do ministro do STF, Alexandre de Moraes.

Mendonça já é o primeiro indicado ao Supremo a esperar tanto para ser sabatinado. Todos os outros foram empossados no cargo com sete dias após a indicação.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários