“Tudo que tem deve ao Lula”, diz Ciro sobre Haddad

Já em ritmo de campanha para as eleições presidenciais de 2022, o candidato Ciro Gomes (PDT-CE), ex-governador do Ceará e ex-ministro da Integração Nacional do Governo Lula, resolveu dizer o que pensa do ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT-SP), nas redes sociais.

Sem mais palavras, Ciro ofendeu Haddad de bajulador.

- Aos puxa-sacos, eu entendo, só não os respeito. Tudo que Haddad tem na vida política deve a Lula. Já eu, a ele não devo nada. Por isso sou livre para criticá-lo. Haddad, não! Tem que ser seu bajulador eterno, sempre da turma do amém. Haddad aceitou ser poste. Eu jamais aceitaria. Sua subserviência, incompetência e falta de amor ao país, deu a presidência do Brasil ao Bolsonaro - disparou.

Segundo pesquisa do Instituto XP/Ipespe, Ciro tem 10% das intenções de voto do eleitorado brasileiro e disputa com o PT o apoio do PSB para 2022.

- Enquanto eu peço para debater os problemas do Brasil, eles seguem evitando. Não têm projeto, apenas paixão doentia pelo poder. Para obtê-lo, pagam qualquer preço. São capazes de vender a própria honra e a honra do país. Haddad e Lula seguem abraçando bandidos conhecidos e atacando quem os enfrenta de cabeça erguida - finalizou, indicando que não pretende se encontrar com nenhum petista como esperava Lula.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários