Governo Bolsonaro prevê publicação do edital do 5G para setembro

O ministro das Comunicações do Governo Bolsonaro, Fábio Faria, acredita que o edital referente ao leilão do 5G no Brasil sai em duas semanas.

Fábio confirmou que sete dos oitos ministros do Tribunal de Contas da União (TCU) já deram seu aval, permitindo que a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) publique edital do certame, que já tem prazo para implementação da infraestrutura: julho de 2022.

Assim, em oito meses, o Brasil já estará usando a tecnologia 5G.

- Após o leilão, no outro dia, as empresas de telecomunicações, que vão adquirir as faixas, já começam a implementação. Em vez de recebermos o dinheiro, o governo optou, junto ao Ministério das Comunicações, receber investimentos. Então, nós colocamos uma série de investimentos que totalizam em torno de R$ 40 bilhões. Então, nós queremos, por exemplo, até julho do ano que vem, todas as capitais já com o 5G funcionando. No outro ano, cidades acima de 500 mil habitantes. Depois, 300 mil habitantes. Vai reduzindo até chegar para localidades acima de 600 habitantes - explicou Faria.

O 5G representa mais velocidade de internet, o que acarreta em desenvolvimento econômico para empresas e negócios. A tecnologia planeja ser uma revolução, pois conectará diferentes equipamentos entre si, auxiliando bastante as áreas de agronegócio, portos, educação, medicina e segurança pública.

- Ele vai beneficiar toda a nossa cadeia produtiva, a nossa indústria, as nossas empresas. Tudo estará conectado ganhando eficiência, diminuindo custos, vai ter uma economicidade muito grande - finaliza o ministro.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários