VÍDEO: Para fugir de cárcere privado na Bahia, babá pula de prédio e sofre fraturas nas duas pernas

A jovem babá Raiana Ribeiro da Silva, de 25 anos, pulou do terceiro andar do prédio onde morava com a patroa, em Salvador, na quarta-feira (25). Ela contou aos policiais que tentava fugir do cárcere privado que a empregadora, Melina Esteves França, a submetia porque não havia aceitado o pedido de demissão dela. Ela sofreu fraturas nas duas pernas.Raiana estava há poucos dias na casa da patroa. Ela veio de Itanagra, a 150 km da capital baiana, para trabalhar como babá de trigêmeos desde o último dia 19, em um bairro de classe média. Porém, ao chegar, soube que teria também outros afazeres domésticos.

Sobrecarregada com a rotina da casa e das três crianças, Raiana foi em busca de outra vaga de emprego e encontrou. Ela pediu demissão à patroa, no sábado (21). Mas, ao invés de ter permissão para ir embora, a mulher confiscou o celular dela e passou a agredi-la. Motivo pelo qual ela se trancou no banheiro.

Raiana ficou tão apavorada com a situação que passou dias presa no cômodo. Na quarta-feira (25), sem se alimentar há dias, ela pulou do terceiro andar e caiu no primeiro andar e, então, foi socorrida por vizinhos.

Ela foi atendida no Hospital Geral do Estado e recebeu alta no mesmo dia.

Após o caso vir à tona, outras quatro ex-funcionárias de Melina também procuraram a polícia e contaram que foram vítimas do mesmo crime.

Em depoimento, as mulheres disseram que eram agredidas e que não recebiam salários. Por isso, Melina poderá responder por cárcere privado e trabalho análogo à escravidão.

A empregadora prestou depoimento na quinta-feira (26), mas não foi detida. Ao voltar pra casa, ela foi vaiada pelos vizinhos.

O caso está sendo investigado pela 9ª Delegacia Territorial. As imagens das câmeras de segurança do edifício e deverá intimar a empregadora nesta quinta-feira (26).

Assista:

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários