Justiça Federal descarta 29 provas contra Lula em caso de Atibaia

A 12ª Vara Federal Criminal de Brasília rejeitou, no dia 21, denúncia do Ministério Público Federal (MPF) contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e todos os acusados no caso do sítio de Atibaia. O motivo: não foram apresentadas novas provas contra o petista.

A magistrada Pollyana Kelly Alves, descartou todo o material probatório apresentado pelo MPF de Curitiba, porque as 29 provas foram invalidadas pelo Supremo Tribunal Federal (STF), quando julgou o ex-juiz federal, Sérgio Moro, parcial no processo.

As provas contra Lula haviam sido admitidas em primeira e segunda instâncias. O ex-presidente foi acusado pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro. Mas, o processo foi anulado pela Corte.

A juíza também entendeu que o prazo para Lula e outros investigados, como Emílio Odebrecht, responderem pelos crimes prescreveu; já que ambos têm mais de 70 anos.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários