Idosa mata, esquarteja e concreta corpo do marido na parede de casa

A idosa de 62 anos foi presa, nesta terça-feira (31), suspeita de assassinar o próprio marido em Ribeirão das Neves, Região Metropolitana de Belo Horizonte (MG). Após matá-lo, ela teria esquartejado ele e concretado o corpo na parede da casa onde mora.

O Corpo de Bombeiros teve trabalho para encontrar os restos mortais do homem. Os agentes tiveram que utilizar picaretas, enxadas e pás para retirar partes da vítima de dentro da parede da sala.

Os pedaços foram recolhidos e levados para o Instituto Médico Legal (IML). A mulher foi encaminhada para a delegacia de Ribeirão das Neves.

A polícia suspeita que a mulher matou o marido para ficar com R$ 8 mil que ele conseguiu para custear tratamento de câncer de próstata.

Testemunhas e vizinhos contaram que o casal não tinha um bom relacionamento e nem dormia no mesmo quarto. Em 2012, a vítima até chegou a fazer um Boletim de Ocorrência contra a esposa, alegando que ela havia colocado soda cáustica em uma garrafa de água para ele tomar. A suspeita ficou presa por alguns dias e foi solta.

O casal não tinha filhos e estava junto há mais de 20 anos.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários