Em Festival de Veneza, Bárbara Paz protesta contra desmatamento da Amazônia

A atriz brasileira, Bárbara Paz resolveu fazer uma “homenagem” à mudança climática no mundo e participou do Festival de Cinema de Veneza, nesta quarta-feira (1), com um look extravagante, que chamava a atenção para o desmatamento da Amazônia.

Vestida de blazer e calça social, a artista acoplou máscara no rosto a um vaso de planta carregado nas costas para protestar contra o suposto desmatamento crescente da Amazônia.

– Amazônia é o pulmão do mundo e a humanidade tem o direito de respirar. Todos carregamos um pouco dela em nós – escreveu a atriz em post no Instagram.

Bárbara assistiu à estreia de “Madres Paralelas”, novo filme de Pedro Almodóvar, e não passou despercebida dos fotógrafos.

Na internet, muitos amigos da artista elogiaram a performance dela. Mas, nas redes sociais, anônimos criticaram a postura da atriz.

– Porq ela não pega os milhões que ganha e compra terra pra plantar árvore?? porq nós aqui é soja e soja – disse um.

Enquanto outro emendou:

– Para ficar mais condizente ao ato dela, ela poderia ter ido vestida com uma roupa reciclável de caixa de leite ou outro material né!? Pq não sei se ela sabe que o tecido da roupa que ela veste foi produzido por uma empresa capitalista, e que para produzir uma camiseta se consome quase 3 mil litros de água e 2kg de combustível fósseis, resumindo pura hipocrisia! Ah sendo que os pulmões do mundo são os Oceanos, então deveria levar água do mar Aki na mochila de vidro.... –

A atriz usou roupas e peças de grife. O smoking era Gucci, um dos mais caros do mundo, camisa de João Pimenta e chapéu Superduper.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários