Casal adota 620 crianças nas últimas cinco décadas

Os britânicos Pauline, 81, e Roger Fitter, 86, pais de quatro filhos biológicos e um adotado, não estavam satisfeitos em cuidar apenas de sua família e dos seus. Por isso, nas últimas cinco décadas, em 56 anos de casados, eles receberam 620 crianças em casa; enquanto elas aguardavam um lar definitivo.

E não é brincadeira, não. Pauline tinha apenas 19 anos, quando resolveu que cuidaria de outros menores.

– Eu, com 19 anos, decidi que queria cuidar de crianças que não tinham pais e prometi a mim mesma que, quando casasse, adotaria filhos – relata a enfermeira.

Pauline e o marido se casaram em 1965 e, de lá pra cá, tiveram filhos e também cuidaram de 619 crianças. Ela recorda que houve uma época em que havia 11 crianças ao mesmo tempo em casa.

Mas, a enfermeira não reclama, não. Ela guarda com carinho o nome e a foto de cada uma das crianças que ajudou.

– Cada uma deixa sua própria marca. Eles viviam como parte da nossa família. Sempre soubemos que, se fizéssemos bem o nosso trabalho, eles deixam de precisar de nós e vão para uma nova vida –

Ela lembra que a fase mais difícil foi quando tiveram que deixar um bebê de 10 semanas ir embora.

– Roger disse: 'Se é assim que as coisas funcionam, não vamos fazer isso de novo'. Hoje, nós gostamos e amamos todos os nossos filhos, mas sabemos que tem que deixá-los ir – comemora o fim dos tempos tristes.

Entre as muitas histórias de gratidão, o casal britânico diz que ficou muito feliz em receber a visita de um menino de 13 anos que, após 2 anos com os pais adotivos, resolveu apresentá-los a Roger e Pauline e mostrar como tinham sido importantes naquele momento para ele.

– Eles, geralmente, são traumatizados. Eles costumam ser muito tristes e não querem ser retirados de casa – revela Roger.
– Definitivamente, não fizemos nada de especial. Sentimos que vivemos nossas vidas com um propósito. Continuamos por mais tempo do que a maioria, mas ainda fizemos de coração até a última criança – finalizou.

Agora, Jacquie Russel, do Conselho do Condado de West Sussex, ora para que mais “Fitters” apareçam com essa ajuda “extraordinária”.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários