"Eu ia preferir ficar em casa", revela Rivaldo, que não aceitaria almoçar com Galvão Bueno

O ex-jogador da seleção brasileira, Rivaldo, declarou, recentemtne, que não iria a um churrasco do narrador da TV Globo, Galvão Bueno. Os comentários foram dados ao canal Camisa 21, no YouTube.

- Não tenho nada contra o Galvão. Já o vi várias vezes. Ele fala muito bem de mim. Já estive com ele em Orlando, mas (se ele me chamasse para um churrasco), eu ia preferir ficar em casa - afirmou.

O ex-atleta e o narrador tiveram um atrito em 2014. Na época, o comentarista lembrou de vários jogadores de futebol que passaram pela seleção brasileira, mas “esqueceu” Rivaldo.

- A história do futebol brasileiro. A história dos 100 anos da seleção escrita por Pelé, Garrincha, Didi, Nilton Santos, Tostão, Zagallo, Gerson, Rivellino, Jairzinho, Romário, Ronaldo… também [por] aqueles que não conquistaram o título, como o Junior, Casagrande, como Falcão, como Zico, como Sócrates; a história escrita por todos esses jogadores merecia uma participação melhor (nesta Copa do Mundo) - nomeou naquele ano.

Rivaldo não gostou do “lapso de amnésia” do apresentador e disparou nas redes sociais.

- Não preciso do seu reconhecimento, Galvão Bueno. O povo brasileiro e o mundo sabem da minha importância para a história da seleção brasileira e do futebol mundial. Nunca precisei puxar saco de ninguém da mídia. Fiz meu papel, e muito bem feito. E você, Galvão, sabe muito bem o porquê estou falando isso - rebateu.

Rivaldo autou durante 25 anos. Durante esse tempo, ele teve passagens pelo Barcelona, Palmeiras, La Coruña, Santa Cruz, Mogi Mirim, Corinthians, Milan, Cruzeiro, Olympiakos, AEK Atenas, Bunyodkor, São Paulo, Kabuscorp e São Caetano. Foi eleito o melhor jogador do mundo pela FIFA em 1999 e decisivo para a seleção brasileira conquistar o quinto título mundial na competição disputada na Coreia do Sul e no Japão em 2002.

Na lista que o craque Pelé fez dos melhores jogadores de futebol ainda vivos do mundo, o atleta eleito pela FIFA como um dos melhores da categoria também aparece.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários