Casal é preso por vender filha de 11 anos por três garrafas de cerveja

O caso aconteceu no Maranhão, município de Pinheiros. E, de acordo com a polícia, a menina tentou fugir do “comprador” e saiu de casa. Mas, retornou e, ao pedir abrigo para os pais, foi rechaçada.

Os pais ficaram revoltados porque a menina confessou que não era mais virgem e que eles ficariam “mal falados” porque o “acordo” teria sido outro.

Os pais da criança e o suspeito que “comprou” a garota foram presos por estupro de vulnerável e levados para a Unidade Prisional de Ressocialização de Pinheiros.

A menina está sob a responsabilidade do Conselho Tutelar.

Nas regiões Norte e Nordeste do Brasil, a venda e prostituição de jovens e adolescentes é muito comum. Pais e responsáveis costumam “dar” as crianças em troca de combustível, comida ou mesmo para “completar” a renda mensal da família.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários