VÍDEO: Deputado “Boca Aberta” chama relator para a briga após sessão

O deputado federal Emerson Petriz (PROS), também conhecido como “Boca Aberta” (termo muito popular no Sul do país para denominar pessoas que falam demais), ofendeu e chamou para a briga o relator do seu processo de cassação no Conselho de Ética da Câmara, nesta quarta-feira (15).

“Boca Aberta” responde por agressão ao também deputado Hiran Gonçalves (PP) e pela invasão de uma unidade de saúde em Londrina, no Paraná. Alexandre Leite, do DEM, é o relator do caso. Ele já havia solicitado a perda do mandato do colega em agosto deste ano. Dias depois, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) determinou a cassação do diploma de Petriz; impedindo que ele conclua o mandato.

Nesta quarta-feira, Leite pediu que o caso de Petriz fosse, então, retirado da pauta; já que “o processo corre agora em âmbito administrativo na corregedoria da Casa e apenas carece de determinação da Mesa a perda do mandato de Boca Aberta”.

Emerson Petriz ficou indignado com a decisão, foi atrás do relator e precisou ser contido pela polícia da Câmara.

- Envolvido em várias e várias irregularidades, rachadinha, dirigiu bêbado, bateu em um motoqueiro. Está tudo aqui, vamos falar hoje, vamos lavar, senhor presidente, o relatório mentiroso que ele fez contra mim”, disse.
- Você não tem vergonha na sua cara não? Você não tem vergonha não? Seu ordinário, cafajeste. Vamos para o pau ali do plenário. Seu irmão, aquele vagabundo, drogado, que gosta de bater em mulher. Foi expulso de casa, foi expulso de casa. Tira a mão de mim, minha senhora. Vai defender vagabundo?”, bradou o deputado.

Assista:

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários