Facebook anuncia parceria com mídias tradicionais para diminuir alcance do jornalismo independente

O Facebook anunciou, nesta quinta-feira (16), parceria com veículos da grande imprensa do Brasil, para, supostamente, apoiar o jornalismo por meio de investimentos no setor e impulsionamento de notícias nas redes sociais dessas empresas.

A plataforma assinou acordo com 20 organizações de mídia tradicional como o Estadão, Folha de S.Paulo, Grupo Abril, Grupo Bandeirantes, Grupo RBS e UOL. Se depender da empresa de Mark Zuckerberg, o alcance desses veículos aumentará drasticamente em comparação com o conteúdo de jornais independentes que, hoje, são os mais acessados do Brasil.

- O objetivo é aumentar o acesso à informação de qualidade e ampliar o público do Estadão, reforçando o propósito de gerar impacto positivo na vida das pessoas e do País, através de uma relação próxima e de confiança com a sociedade, por meio de conteúdos úteis, confiáveis e relevantes. É também uma forma de ampliar nossos esforços no combate à desinformação, um dos maiores problemas atuais, através do nosso jornalismo - diz o diretor executivo de estratégias digitais do Estadão, Leonardo Contrucci.

- Estamos comprometidos em apoiar o ecossistema de notícias no Brasil e felizes em anunciar nosso investimento e colaboração contínua com veículos e associações no País - acrescenta Cláudia Gurfinkel, diretora de parcerias de notícias do Facebook para a América Latina.

Para ter êxito na empreitada, o Facebook vai investir quase US$ 2,6 milhões no Brasil. No mundo, a plataforma já investiu mais de US$ 600 milhões para “apoiar a indústria de notícias” em mídias tradicionais.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários