Cúpula da CPI decide esperar a conclusão de investigações da PF para entregar relatório final

Estava tudo certo que a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid-19 apresentaria relatório-final proposto pelo senador Renan Calheiros (MDB-AL), nesta sexta-feira (24). Porém, a cúpula do colegiado, composta por congressistas de oposição, resolveu, no domingo (19), que aguardaria o final das investigações da Polícia Federal sobre a Precisa Medicamentos e endereços ligados à empresa.

A cúpula da CPI que, semana passada, havia decidido terminar os trabalhos antes do prazo porque já tinha “elementos suficientes” para incriminar o presidente da República, Jair Bolsonaro, pelos crimes de prevaricação, entres outros; agora, voltou atrás e disse que e melhor aguardar o final da apuração da PF.

A CPI, por sinal, durante o andamento dos trabalhos, criticou muito a postura da Polícia Federal em fazer investigações paralelas a dos senadores. Inclusive, em agosto deste ano, os parlamentares de oposição ao Governo Bolsonaro tentaram barrar investigação federal sobre o vazamento de dados dos depoentes na comissão. Em outra ocasião, em julho passado, a cúpula do colegiado alegou que a PF não passava de “aparelho bolsonarista”.

Parece que os senadores mudaram de opinião.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários