Filha de Queiroga desabafa sobre “desejos de morte” contra o pai e diz: “Permitem que sua opinião política supere sua humanidade”

A médica Daniella Queiroga, filha do Ministro da Saúde e cardiologista, Marcelo Queiroga, desabafou, nesta quarta-feira (22), sobre as “mensagens de ódio e de desejos de morte” direcionadas ao pai pela internet, após ser constatado que o integrante do Governo Bolsonaro está com Covid-19 e terá que ficar em quarentena em Nova York.

– Muito se fala sobre empatia. Pena que a moda está no falar e não no agir. É lamentável em um momento de vulnerabilidade, como é (ao se) receber um teste positivo de Covid (digo isso com a propriedade de quem já deu essa notícia a inúmeras famílias), se deparar com mensagens de ódio, desejos de morte ou de retaliação – escreveu no Instagram, acrescentando “que os seres humanos permitem que sua opinião política supere sua humanidade”.

A médica saiu em defesa do pai e disse que ele “está bem e continua na luta contra essa doença maldita, que já nos levou tantos brasileiros.”

Queiroga viajou para os Estados Unidos junto com a comitiva do presidente Jair Bolsonaro para participar da 76ª Assembleia Geral da ONU e de outras reuniões que o governo tinha no país.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários