Ex-mulher manda doces envenenados a casal de noivos

A suspeita de envenenar o casal de noivos é uma ex-namorada dele com quem Dione Quirino, 35, teve um relacionamento por 13 anos e um filho.

Além do casal, a mãe, cunhada e sobrinha da noiva também ingeriram os doces e foram internadas. O cachorro da família, que também comeu parte do presente, morreu.

- Os noivos e familiares consumiram os bombons e deram pedaços para o cachorro da casa. O animal caiu ao chão se debatendo e, logo em seguida, morreu. Imediatamente, todos sentiram um mal-estar também - contou o delegado Marconi Vieira Rocha.

A suspeita contou à polícia que não aceitava o fim do relacionamento. Ela encaminhou os doces de outra cidade para despistar a polícia.

- Ela foi a uma outra cidade, a uns 35 km de Jaíba, e de lá entregou a encomenda para um moto-taxista, que entregou para um taxista e ele, fez a entrega para as vítimas – disse o delegado.

A mulher, de 39 anos, disse que só se separou do companheiro porque ele teve teria sido pego em suposta traição. A polícia encontrou na casa dela, a bolsa usada na entrega dos doces.

As vítimas tiveram um quadro de síndrome colinérgica grave após intoxicação, condição caracterizada por alterações do estado mental e fraqueza muscular.

A cerimônia do casamento seria realizada neste sábado (25).

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários