Após ser demitido da CNN Brasil, Alexandre Garcia comemora adesões nas redes sociais

O veterano do jornalismo brasileiro, Alexandre Garcia, 80 anos, agradeceu os seguidores nas redes sociais. Depois dele ser demitido na sexta-feira (24), do programa “Liberdade de Opinião”, da CNN Brasil, dispararam as adesões aos canais dele no YouTube e Twitter, no sábado (25).

Apenas no canal do YouTube, ele chegou a 2 milhões de inscritos e no Twitter, ele ganhou milhões de seguidores em 24 horas..

Garcia celebrou o engajamento dos internautas e agradeceu o apoio do público que o acompanhava na emissora. Ele foi demitido da CNN após comentar sobre o tratamento adiantado contra a Covid-19. Ele foi desmentido por colegas no ar e teve a rescisão decidida no mesmo dia.

O quadro “Liberdade de Opinião” foi, duramente, criticado na internet. O público censurou a direção da emissora brasileira. Os internautas ponderaram que o nome do programa fazia alusão a uma certa autonomia que o jornalista teria de falar sobre qualquer coisa. Mas, no final, a direção soltou uma nota respondendo que Alexandre Garcia não poderia contrariar a “ciência”.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários