Obama critica política migratória de Joe Biden

Barack Obama, ex-presidente dos Estados Unidos e aliado de Joe Biden, censurou a política migratória do atual chefe da Casa Branca e disse que é “insustentável” o país estar aberto aos estrangeiros, nesta terça-feira (28).

- A ideia de que podemos simplesmente ter fronteiras abertas é insustentável - disparou.

Bem diferente do posicionamento que vinha apresentando no período eleitoral, Obama admitiu que o Governo de Biden tem uma grave crise na divisa dos EUA com o México e um “sistema de imigração esfacelado”.

- Um doloroso lembrete - pontuou o democrata, acusando o “amigo” de agir em questões migratórias apenas de forma emergencial.
- A questão agora é: vamos levar a sério o tratamento desse problema de uma forma sistêmica, em oposição a esses eventos únicos em que estamos constantemente reagindo a emergências? - questionou.

Biden chegou ao poder, em janeiro deste ano, prometendo reverter em um curto espaço de tempo várias medidas do republicano Donald Trump. Entretanto, ao tomar posse, ficou evidente que a teoria e a ação de Biden não são condizentes. Na prática, o democrata permaneceu as mesmas regras e acentuou outras.

Os Estados Unidos têm, aproximadamente, 11 milhões de imigrantes que vivem sem documentos no país.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários