Impressionante: Weidman publica fotos da fratura que sofreu no UFC e choca a internet

O peso-médio do UFC Chris Weidman publicou imagens do raio-x da fratura em sua perna, ocorrida durante a luta contra o jamaicano Uriah Hall, no último sábado (24).

As imagens são impressionantes!

Por uma enorme coincidência do destino, Weindman já havia passado por algo semelhante - só que o do outro lado - quando o brasileiro Anderson Silva sofreu a mesma lesão em uma luta contra ele.

Em sua conta no Instagram, o "all american" tranquilizou os fãs informando que a cirurgia foi bem-sucedida.

- Antes e depois das radiografias deste pesadelo. Agradecimentos especiais ao Dr. Gitlin por realizar uma cirurgia bem-sucedida e por ser tão útil durante todo o processo. Além disso, um grande agradecimento ao Dr. Davidson, do UFC, por garantir que eu fosse atendido adequadamente e por falar com esses médicos em meu nome.
Isso me fez sentir muito melhor por tê-lo envolvido, porque eu sei que ele estava me protegendo. A principal preocupação é o osso perfurado através da minha panturrilha e pele quando coloco meu peso sobre ele, garantindo que a laceração não infeccione - escreveu o atleta.

O atleta aproveitou para comentar as acusações de que teria comemorado na ocasião em que Anderson Silva quebrou a perna na luta contra ele e explicou que a comemoração ocorreu antes de saber que o brasileiro havia fraturado o local:

- Qualquer um que diga que eu comemorei quando Anderson quebrou a perna está completamente errado. Eu não sabia que a perna dele tinha quebrado. Eu achei que eu tinha defendido bem o chute na perna e ele caiu com dor, o que acontece frequentemente nos sparrings. Fica dolorido por um tempo curto, mas melhora rapidamente, parecido com um golpe no corpo.
Depois de circular no octógono, percebi que ele estava com muita dor por seus gritos e imediatamente fui ver como ele estava e tentei o consolar. Foi quando eu percebi que ele segurava a perna dele. Não teve felicidade no meu comportamento a partir dali. Eu então empurrei os seguranças para saírem do caminho para que seus treinadores pudessem entrar no octógono e ele pudesse ter algumas caras familiares próximo a ele durante aquele episódio horrível.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários