Com Roberto Jefferson preso, PTB decide expulsar Cristiane Brasil, filha do presidente do partido

O Partido Trabalhista Brasileiro, o PTB, de Roberto Jefferson, resolveu expulsar Cristiane Brasil, filha do presidente da legenda, nesta quarta-feira (6). Além dela, o jornalista investigativo Oswaldo Eustáquio e o pastor Fadi Faraj também foram serão desfiliados da legenda.

- A Secretaria Jurídica do PTB informa que Cristiane Brasil, Fadi Faraj e Oswaldo Eustáquio serão expulsos da legenda. Além disso, Fadi Faraj e Oswaldo Eustáquio responderão por denunciação caluniosa após disseminação de Fake News sobre o partido, em especial, contra a Vice-Presidente Graciela Nienov - diz o PTB em nota no Twitter.

Ao ler o post nas redes sociais, Cristiane rebateu a ofensiva do partido.

- Quero ver - disparou.

Cristiane Brasil acusa Graciela de causar um “racha” no partido que era comandado pelo pai. Roberto Jefferson está no partido desde 1980 e é considerado um preso político, desde que o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, mandou prendê-lo em junho deste ano por crime de opinião.

- Em respeito ao meu líder [Roberto Jefferson], não quero comentar as falas histéricas da Cristiane. Te garanto que não há divisão. Mas este é o assunto sobre o qual não quero tratar – alegou Nienov, sem informar se o atual presidente Jair Bolsonaro ainda poderia filiar-se à legenda.

Jefferson era assíduo nas redes sociais onde disparava críticas à postura politicamente de esquerda dos integrantes da Corte.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários