Joice vai para o PSDB e já faz “propaganda” para Doria

A deputada federal Joice Hasselmann deixou o PSL e filiou-se, nesta quinta-feira (7), ao PSDB, em São Paulo.

A jornalista aproveitou a solenidade e não escondeu o apoio ao nome do governador de São Paulo, João Doria (PSDB-SP), à Presidência da República; já que as prévias do partido estão próximas.

Joice Hasselmann foi eleita pelo PSL, em 2018, como a deputada mais votada do Brasil; quando ela ainda jurava fidelidade ao presidente Jair Bolsonaro. Ao conquistar a cadeira na Câmara e o posto de líder do Governo no Congresso, ela começou a criticar a postura do chefe do Planalto e foi retirada do Cargo. Como consequência, em 2020, ao se candidatar prefeita da capital paulista, ela granjeou menos de 100 mil votos na disputa.

Mesmo em baixa com o eleitor, Doria deve acreditar que quanto mais aliados, melhor. Afinal de contas, ele comemorou a adesão da amiga ao partido e à base dele.

- É um momento histórico para o PSDB, a mulher mais votada do Brasil, com 1,8 milhão de votos – festejou o governador.

Joice retribuiu a gentileza do amigo e disse:

- A gente precisa de alguém que pense Brasil. Não de alguém que fique lacrando nas reses. Vimos que não deu certo. Tenho certeza de que o PSDB está trabalhando para ter um projeto de Brasil e que seja nem-nem: nem Lula nem Bolsonaro - defendeu a parlamentar com banners de Doria.

João Doria e o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, travam uma guerra interna na legenda para saber quem será o escolhido da legenda para as eleições presidenciais de 2022.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários