Reino Unido retira Brasil da “lista vermelha” da Covid-19

Após o Primeiro-Ministro, Boris Jhonson, reunir com o presidente Jair Bolsonaro durante a Assembleia-Geral da Organização das Nações Unidas (ONU), o Reino Unido retirou o Brasil e mais 46 países da “lista vermelha” de restrições à viagens internacionais na tentativa de combater a disseminação da Covid-19 em território britânico.

A partir de segunda-feira (11), quem for para o Reino Unido não precisa mais passar dez dias de quarentena obrigatória. Os turistas, que tiverem completado o esquema vacinal do Governo Federal no Brasil, não precisarão mais, sequer, passar por teste do coronavírus ou realizar dois PCRs na Inglaterra. Ao invés disso, um teste de antígeno será o suficiente.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários