Coppolla vai deixar a CNN Brasil no final deste mês

O comentarista político Caio Coppolla deve deixar a bancada da CNN Brasil, até o final de outubro. O bacharel em Direito está na “geladeira” há cinco meses e não terá o contrato renovado pela emissora.

Coppolla participava do quadro “O Grande Debate”, que deveria dar voz a duas personalidades que fossem de opiniões contrárias a diversos temas. O rapaz foi um oponente voraz dos seus interlocutores, rebatia e argumentava com precisão cirúrgica os assuntos; dando trabalho aos outros advogados. Mas, mesmo dando muita audiência para o canal, ele foi retirado da atração sem qualquer explicação ao público.

Esta não é a primeira vez que a CNN Brasil se mete em polêmica e demite jornalistas sem dar a menor satisfação. Recentemente, o jornalista Alexandre Garcia foi desligado do quadro de funcionários, após se manifestar a favor de um tratamento adiantado para a Covid-19. O nome do programa dele se chamava, ironicamente, “Liberdade de Opinião”.

Também em setembro, o apresentador Evaristo Costa, ex-Globo, teve o contrato rescindido e só soube da demissão quando não viu o programa dele aparecer na grade de comercial. Na época, ele falou:

- (...) Me chutaram pela porta dos fundos sem qualquer consideração ou justificativa - disparou o comunicador.

Agora, ao que tudo indica, a bola da vez é Coppolla. Mas, o público pode ficar despreocupado: parece que o rapaz já vem conversando em “off” com outra emissora e já teria sido, inclusive, escalado para novembro deste ano.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários