Advogado é preso em condomínio de luxo no Rio portando mais de 300 mil vídeos de pornografia infantil

Advogado bem-sucedido, Daniel Pinheiro Ramos, de 40 anos, é apontado pela investigação da Delegacia da Criança e do Adolescente Vítima (DCAV) como um dos maiores usuários de material pornográfico infanto-juvenil do Rio. Ele foi preso em flagrante, na segunda-feira (4), num condomínio de luxo, no Recreio dos Bandeirantes, onde ele mora.

A Justiça determinou busca e apreensão para a residência e o escritório do advogado, além da quebra do sigilo de dados.

Nos equipamentos apreendidos pertencentes ao advogado, os peritos criminais ficaram surpresos com a quantidade de material pornagráfico encontrado: nada menos que 300 mil vídeos de crianças mantendo diversos tipos de práticas sexuais com adultos. O mais chocante é que o advogado tinha imagens de crianças, de 3 a 6 anos, em cenas sadomasoquistas.

Na casa dele, agentes encontraram armas e material de apologia ao nazismo.

A prisão faz parte da Operação Semana da Criança, do Departamento-Geral de Polícia Especializada (DGPE), em comemoração ao Dia das Crianças.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários