Após Neymar ser chamado de “idiota”, volta a circular vídeo em que Galvão reclama de Pelé: “Só se eu matar ele, cara”

Depois de ser chamado de “idiota”, em áudio atribuído ao narrador Galvão Bueno, o craque Neymar Jr. pode ficar tranquilo que ele não é o único a ser ofendido, maltratado ou humilhado em narrações ou programas esportivos da TV Globo. O site UOL listou uma série de gafes e vexames protagonizados por narradores e comentaristas da “Poderosa”, ao longo de anos. Nem o “Rei do Futebol”, o Pelé, sobreviveu ao escárnio e, literalmente, “saiu de cena”.

Em 2011, durante transmissão do jogo do Palmeiras, Cléber Machado empurrou o colega de bancada Caio Ribeiro. E, em 2020, durante o programa “Bem Amigos”, foi a vez de Walter Casagrande Jr fazer duras críticas a Caio, quando o comentarista tentou defender o presidente Jair Bolsonaro e dizer que atletas não deveriam utilizar o tempo para fazer apelos contra o chefe do Planalto.

O mais chocante de todos os eventos, é um vídeo em que Galvão Bueno reclama de Pelé, estando bem ao lado dele. As imagens são da “Copa do Mundo”, de 1994. O “Rei do Futebol” ouve os comentários e se retira em seguida.

Assista:

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários