Advogada do Comando Vermelho posta mensagem enigmática um dia antes de ser presa: “A gente colhe o que planta”

Elker Cristina Jorge, 51 anos, advogada do Comando Vermelho, estava foragida há dois anos. Ela foi presa na sexta-feira (15), no Rio de Janeiro, escondida na casa de amigos.

A advogada tinha ordem de prisão decretada desde 2019. A Justiça acusava Elker de agir como “pombo correio” em presídios; intermediando conversas entre os “clientes” (traficantes) e os seus subordinados que continuam dando prosseguimento ao tráfico de drogas fora das cadeias.

Entre os chefões do tráfico que ela mais visitava na prisão, está o Marcinho VP, líder de facção criminosa, que está no Presídio Federal de Catanduvas, no Paraná.

Elker Cristina foi acusada pela Justiça em virtude de uma carta rasgada, que foi encontrada pelos policiais, e narrava a quebra de um pacto entre traficantes de São Paulo e o Marcinho VP. A advogada teria levado a carta para Márcio para que ele tomasse conhecimento do assunto e decidisse o que fazer.

- A advogada utilizava as prerrogativas da função para levar e trazer informações da facção para seu líder. A investigação demonstrou que ela costumava atuar como pombo-correio para o contato entre criminosos aliados ao Comando Vermelho de diversos estabelecimentos prisionais do Brasil, viabilizando, assim, a tomada de decisões importantes pelos líderes dessa facção - disse a polícia em nota.

Um dia antes de ser presa, Elker postou mensagem enigmática nas redes sociais em que reflete sobre a vida e escolhas erradas.

- Apenas pense sobre isso... A vida vai te cobrar o troco errado que você deixou passar, a pessoa que você traiu, o carro que você arranhou na rua, a mentira que você contou para quem confiou em ti, a maldade gratuita que você fez... Muitos se esquecem do mal que fizeram e se perguntam por que tal coisa de ruim está acontecendo, quando na realidade o que ocorre é apenas o resultado do que se plantou no passado. É a lei da semeadura, a gente colhe o que planta. E o preço é pago com juros e correções monetárias. Isso te tranquiliza ou te espanta? -

Agora, ela será encaminhada à Secretaria de Administração Penitenciária.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários