Leite diz que vai colocar a “terceira via no segundo turno”

O governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (PSDB), afirmou, em entrevista recente, que a rejeição do eleitor aos nomes de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e Jair Bolsonaro para presidente na próxima disputa vai ajudar a colocar a suposta “terceira via”, que ele mesmo diz representar, no segundo turno.

- A rejeição que esses dois candidatos têm é gigante. Isso vai, certamente, no momento apropriado, fazer com que a população esteja aberta a procurar alternativas. Vamos colocar a Terceira Via no segundo turno - declarou.

E disse que um terceiro nome não será apagado do pleito de 2022.

- Antes de um projeto pessoal, estamos tratando de um projeto para o país, para o Brasil do futuro, que a gente deseja ver saindo desta guerra que aí está colocada. No momento certo, vai acontecer essa convergência para que a alternativa se viabilize e se tenha a menor dispersão de nomes no centro da política -

Além dos tucanos, concorre pela “terceira via” Henrique Mandetta (ex-Ministro da Saúde), Rodrigo Pacheco (presidente do Senado), José Luiz Datena (apresentador de TV) e, possivelmente, o ex-Ministro da Justiça Sérgio Moro.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários