STF rejeita HC de Zé Trovão para reverter prisão preventiva

A maioria dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) rejeitou o pedido do caminhoneiro Marco Antônio Pereira Gomes, mais conhecido como Zé Trovão, para reverter a prisão preventiva decretada por Alexandre de Moraes.

Zé Trovão é investigado em um inquérito que apura supostos atos antidemocráticos. Ele era um dos organizadores dos eventos de 7 de Setembro, que apoiava o presidente Jair Bolsonaro e tecia críticas aos integrantes do Supremo.

A prisão preventiva do caminhoneiro foi decretada dias antes das manifestações e, para não ser preso, ele fugiu do país e pediu asilo ao México.

O relator do caso, Edson Fachin, já havia recusado pedido para anular a prisão de Zé trovão. Agora, Ricardo Lewandowski, Cármen Lúcia, Dias Toffoli e Rosa Weber apoiaram a decisão do ministro e também votaram contra o Habeas Corpus.

Por enquanto, a polícia considera o caminhoneiro foragido da Justiça e continua à sua procura.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários