Mulher é estuprada em trem nos EUA. Passageiros, ao invés de socorrê-la, preferem filmar

O caso ocorreu na Filadélfia, Estados Unidos, na sexta-feira (13). Os passageiros de um trem, ao invés de evitarem estupro a uma mulher, optaram por gravar a cena.

O assédio durou, aproximadamente, 40 minutos. Câmeras de segurança gravaram toda situação. A mulher e o homem entram no trem na mesma estação. Ela senta primeiro e, em seguida, ele senta ao lado dela.

O homem faz várias investidas e a mulher o empurra durante muito tempo até que ele rasga as roupas dela.

Várias pessoas estão no trem, mas nenhuma delas acode a moça. Ao contrário, as câmeras de segurança do transporte gravam o momento em que diversos passageiros sacam os celulares e começam a gravar o crime.

O ataque só parou, quando um funcionário da companhia de transporte liga para a ambulância.

O superintendente da polícia de Upper Darby, Timothy Bernhardt, disse, nesta segunda-feira (18), que ficou surpreso com a atitude dos passageiros e que eles “deveriam se olhar no espelho”.

– Posso dizer que as pessoas estavam segurando seus telefones na direção da mulher que estava sendo atacada. Qualquer um que estava naquele trem tem que se olhar no espelho e perguntar por que não interveio ou por que não fez algo –

O estuprador foi preso e a fiança fixada em 180 mil dólares. A vítima foi levada ao hospital.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários