Congresso americano declara desacato de Steve Bannon por se negar a depor

A Câmara dos Representantes dos Estados Unidos declarou o desacato do jornalista investigativo e independente, Steve Bannon, de 67 anos.

Os parlamentares aprovaram a resolução contra o comunicador e estrategista por 229 votos a favor e 202 contra. Eles queriam ouvir Bannon sobre a invasão do Capitólio, em janeiro deste ano, após ter sido declarada a vitória do democrata Joe Biden nas eleições presidenciais.

Muitas pessoas se manifestaram contra as eleições presidenciais do país, argumentando que houve fraude. Steve Bannon e o ex-presidente Donald Trump foram um dos que afirmavam isso.

Os congressistas, no entanto, querem que o jornalista deponha alegando que ele “tinha algum conhecimento prévio dos acontecimentos extremos ocorridos”, por ter mencionado em um podcast, um dia antes da invasão ao capitólio, que:

- Muitas pessoas me disseram: ‘Se houvesse uma revolução, seria em Washington’. Bem, este vai ser o momento de vocês na história - comentou Bannon aos ouvintes.

Agora, o Departamento de Justiça analisará se o veterano jornalista e conselheiro de Trump paga multa ou vai preso por até um ano.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários