Maioria dos ministros do Supremo mantém prisão de Daniel Silveira

Nesta sexta-feira (22), a maioria dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu manter a prisão do deputado federal Daniel Silveira (PTB-RJ).

Luís Roberto Barroso, Rosa Weber, Ricardo Lewandowski, Cármen Lúcia, Dias Tóffoli e Edson Fachin apoiaram a decisão de Alexandre de Moraes, que pediu a prisão do parlamentar, em fevereiro deste ano, por, suspostamente, atentar contra as instituições democráticas no Brasil.

Ainda nesta semana, o presidente do Tribunal, Luiz Fux, também negou pedido da defesa de Silveira que solicitava o afastamento de Alexandre de Moraes do caso.

O deputado, que tem direito à imunidade parlamentar, segue com futuro indefinido e nem mesmo a cirurgia de emergência no joelho de Silveira foi autorizada pela Justiça.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários