Desemprego recua para 13,2% da população

Dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) Contínua, divulgada pelo IBGE, confirmam que a taxa de desocupação recuou de 13,7%, no trimestre fechado em julho, para 13,2% no trimestre que encerrou em agosto.

Isso quer dizer que 13,7 milhões de brasileiros estavam desocupados no fim do período. Mas, a quantidade de pessoas ocupadas (90,2 milhões) avançou 4% no trimestre. Assim, 50,9% da população brasileira, mais da metade dos que estão em idade para trabalhar, está ocupada no país.

De 2020 pra cá, o número de ocupados avançou a 8,5 milhões de pessoas, mesmo em período de pandemia. A ocupação foi impulsionada, por incrível que pareça, pelo aumento de trabalhadores com carteira assinada no setor privado.

Mas, mesmo quem trabalha sem carteira assinada no setor privado (10,8 milhões), subiu 10,1% (987 mil pessoas) no trimestre e 23,3% (2 milhões de pessoas) no ano. Essas variações, aliás, são históricas.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários