“Tenho grande apoio popular”, afirma Bolsonaro a Erdogan

O presidente da República, Jair Bolsonaro, conversava informalmente com o presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, durante a reunião do G-20, neste sábado (30), quando o turco perguntou ao brasileiro como estava a situação econômica do Brasil e a questão da Petrobras.

Ao lado do Ministro da Economia, Paulo Guedes, Bolsonaro respondeu que a estatal era "um problema". Mas, a economia do país, embora tenha tido muitos lockdowns determinados por governadores e prefeitos, estava voltando “forte”.

- Tudo bem. A economia voltando bem forte. A mídia como sempre atacando, estamos resistindo bem. Não é fácil ser chefe de Estado em qualquer lugar do mundo - avaliou.

E completou:

- Petrobras é um problema. Mas, estamos quebrando monopólios, com uma reação muito grande. Há pouco tempo, era uma empresa de partido político. Mudamos isso - disparou Bolsonaro.

Ao ser indagado por Erdogan quanto tempo faltava para as próximas eleições presidenciais, o presidente disse:

- Eu também tenho um apoio popular muito grande. Temos uma boa equipe de ministros. Não aceitei indicação de ninguém. Fui eu que botei todo mundo. Prestigiei as Forças Armadas. Um terço dos ministros (é de) militares profissionais. Não é fácil. Fazer as coisas certas é mais difícil - finalizou.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários