Demitido do Minas Clube e dispensado da seleção, Maurício Souza tem apoio de colegas do elenco e associados

O jogador de vôlei, Maurício Souza, de 33 anos, está colhendo bons frutos depois da sua demissão do Minas Tênis Clube onde atuava. O atleta foi dispensado do time e da seleção brasileira, nesta semana, depois de postar uma mensagem em suas redes sociais criticando o no Super Man bissexual.

Maurício Souza pulou de 200 mil para mais de 2 milhões e 300 mil seguidores. Além disso, parte do elenco do Minas fez questão de dar apoio ao amigo e sócios do clube foram para a frente da sede cobrar a volta do atleta às quadras do Minas.

Em carta, os jogadores do Minas defendiam o direito à "liberdade de expressão" do central e os sócios do clube fizeram questão de demonstrar o seu apoio a Souza, neste sábado (30).

Maurício, que é bem ativo nas redes sociais, comentou a demonstração de carinho e escreveu:

- A força de uma sociedade saturada pela injustiça e coerção. Somos dois milhões. Obrigado meu povo pelo apoio e carinho comigo e com minha família. Seguimos firmes com Deus na frente - disparou, sem medo de represálias.
- Eu sou apenas um símbolo da indignação das pessoas da imposição que foi colocada de que você não pode dar a sua opinião e de não poder discordar de certas situações. Isso foi um divisor de águas. As pessoas não vão mais suportar esse tipo de pressão. Elas vão se juntar e se levantar para que isso não aconteça com mais pessoas. Porque, hoje, acontece comigo, mas amanhã pode ser com você - completou.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários