Calota Polar da Groelândia derrete e causa aumento de 1cm no nível do mar

Em uma década, a calota da Groelândia perdeu 3,5 trilhões de gelo. Consequentemente, provocando o aumento do nível do mar em 1 cm; o que pode causar inundação em diversas regiões do planeta.

Graças ao artigo publicado na Revista Nature Communication, que utilizou satélites da Agência Espacial Europeia, sabe-se que o degelo aumentou 21% em 40 anos.

Os cientistas monitoram o aquecimento dessa massa congelada e afirmam estarem preocupados; visto que, desde 2011, a calota perdeu 3,5 trilhões de toneladas de gelo. Dois terços dessa quantidade, nos verões de 2012 e 2019, sendo que a Groelândia cobre uma área de 1,8 milhão de quilômetros quadrados; o que a torna a segunda maior depois da Antártica.

Segundos os estudiosos, o aquecimento da Antártica poderia provocar o aumento no nível dos oceanos entre 6 a 7 metros; uma vez que a área está aquecendo três vezes mais rápido que o resto do planeta.

O ritmo do degelo aumenta mais durante as ondas de calor do que pelo aquecimento progressivo do planeta. Por isso, na semana passada, o Instituto Meteorológico da Holanda (KNMI) fez um alerta para o aumento do nível do mar na costa holandesa, que pode chegar até 2 metros.

- Se não reduzirmos as emissões de gases de efeito estufa, o nível do mar na costa holandesa pode subir 1,2 metros até 2100, em comparação com o início do século atual - avisou o órgão.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários