Flórida processará governo Biden por vacinação obrigatória em empresas

Ron DeSantis, governador na Flórida, Estados Unidos, disse, esta semana, que vai processar o Governo do democrata Joe Biden por obrigar trabalhadores do país a se vacinarem contra a Covid-19.

O republicano acredita que a obrigatoriedade de se vacinar contra o coronavírus é “inconstitucional”. Mas, Biden não retrocede na expectativa de que todas as empresas privadas com mais de cem funcionários deverão seguir a regra e imunizar todos os colabroadores.

A Norma Temporária de Emergência de Biden não teve apoio da maioria do parlamento e também não foi autorizada pelo Congresso americano. Por isso, DeSantis entrou com ação judicial, nesta sexta-feira (5), no Tribunal de Apelações da 11ª Circunscrição dos EUA, em Atlanta.

- O governo federal não pode impor unilateralmente uma política médica sob o pretexto de regulamentação do local de trabalho – explicou o governador da Flórida.

A Procuradora-Geral do Estado, Ashley Moody, concordou com o democrata e disse que a proposta de Biden tem “alcance excessivo” e que ele “não tem o poder de impor políticas de saúde”.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários