PC de Canela prende o presidente da Câmara de vereadores, Secretário de Obras e interventor do Hospital de Caridade

A operação “Cáritas”, deflagrada, nesta segunda-feira (8), pela Polícia Civil de Canela, no Rio Grande do Sul, acaba de prender o presidente da Câmara de vereadores, Secretário de Obras e interventor de hospital da cidade. Eles são acusados de corrupção, fraudes em licitações, peculato, concussões, falsidade ideológica e documental, além de organização criminosa constituída por servidores do Executivo e Legislativo municipal.

Ao todo, são cumpridas 176 ordens judiciais em seis municípios do Rio Grande do Sul e duas em Santa Catarina. Mas, os principais alvos são o presidente da Câmara de Vereadores de Canela, Alberi Gavani Dias (MDB), o Secretário Municipal de Obras, Luis Claudio da Silva, e o interventor do Hospital de Caridade, Vilmar da Silva dos Santos. A Justiça autorizou a prisão preventiva dos três.

A investigação iniciou em abril deste ano e, entre as práticas investigadas, estão ainda ocultação de bens, desvio de materiais de construção adquiridos para reforma do Hospital de Caridade, canalização de verbas, orçamentos fraudulentos em licitações e até “rachadinhas”.

A Justiça já determinou a alienação de 11 veículos e o bloqueio de contas bancárias.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários