"Dormiria tranquilo", diz Lula sobre chapa com Alckmin

O ex-presidente e ex-presidiário, Luiz Inácio Lula da Silva, do PT, disse que “dormiria tranquilo” se tivesse que compor uma chapa na qual Geraldo Alckmin, do PSDB, fosse o seu vice, em 2022.

Após meses de procura e até tentativa de “reconciliação” com Ciro Gomes, do PDT, parece que a bancada do Partido dos Trabalhadores “bateu o martelo” pelo ex-governador de São Paulo. Mas, ainda falta o apoio do PSB, aliado da legenda petista.

Por enquanto, Lula é só elogios para o novo amigo. Teria, inclusive, comentado:

- Alckmin é o único tucano que gosta de pobre - disse.

A articulação para a chapa entre eles está tão intensa que Alckmin cogita até sair do PSDB e migrar para o PSB, que tem muito mais alinhamento – digamos, assim – socialista com o PT, de Lula.

Mas, por enquanto, é tudo mover de peças no tabuleiro; já que Lula só pretende confirmar se vai se candidatar presidente do Brasil em 2022 mesmo.

- Lula falou que só vai definir mesmo se é candidato no início do ano que vem. Não agora. Obviamente, que para nós, do PT, ele é o nosso candidato – disse a presidente do partido, Gleise Hoffman.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários