Vazamento: EUA descobrem que China tem maquetes de navios americanos para treinar uma possível guerra

Imagens de Satélite da empresa espacial Maxar confirmaram o que o governo americano temia: a China construiu modelos reais de navios de guerra dos Estados Unidos, no deserto de Taklamakan, região de Xinjiang, ao que tudo indica, para treinar o “abatimento” dos inimigos.

A “maquete” está em cima de trilhos de trem e mostra uma “boneca realística” de um porta-aviões militar.

O governo do ditador Xi Jinping vem desenvolvendo e testando mísseis balísticos antinavio há anos. Mas, desde que a pandemia da Covid-19 se alastrou no mundo e encheu os cofrinhos de Pequim, os Estados Unidos têm alertado outros países para a rápida expansão bélica da China, incluindo suas capacidades nucleares.

Entre os modelos fotografados pela empresa espacial, estão: um porta-aviões e dois destróieres da Marinha americana, demonstrando que a China tem treinado derrubar antiporta-aviões, com ênfase nos navios de guerra dos Estados Unidos.

Além disso, este ano, Pequim foi acusada de realizar um teste de míssil hipersônico com capacidade nuclear. Para se ter uma ideia, esse tipo de míssel viaja 5 vezes mais rápido que a velocidade do som. Washington questionou o governo chinês, que negou.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários