Nova novela da Globo tem pior estreia da história

Após quase dois anos de período pandêmico, a TV Globo voltou a gravar novelas. Para estrear no horário nobre desta segunda-feira (8), a emissora carioca apostou no rostinho bonito de Cauá Reymond. Mas, nem o corpo perfeito do galã foi capaz de atrair telespectadores. O novo folhetim “Um lugar ao Sol” teve a prio audiência da história.

De acordo com os dados do Katar Ibope, a trama escrita por Lícia Manzo rendeu apenas 25,2 pontos de audiência na Grande São Paulo, nas 21 horas. Foi pior que o Jornal Nacional, que conseguiu 26,8, no mesmo dia.

Esta é a segunda novela inédita a estrear na Rede Globo após a pandemia da Covid-19. Ela já está totalmente gravada e possui vários finais e três vezes mais capítulos do que o habitual. Tudo na tentativa de substituí-los, caso o público não goste do enredo.

- Fizemos finais alternativos porque acreditávamos que pudesse ser um desejo do público – explicou o diretor artístico Maurício Farias, acrescentando que a empresa também gravou “uma quantidade de capítulos misturados, três vezes maior do que uma novela” normal.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários