Cirurgião plástico é preso suspeito de abusos sexuais

O cirurgião plástico Estevão José Rodrigues, de 68 anos, foi preso, nesta terça-feira (9), em Porto Alegre. Ele é suspeito de abusar sexualmente de nove pacientes.

De acordo com as investigações, o médico importunava as pacientes e matinha o local de trabalho em condições degradantes. Fora isso, ele será autuado em flagrante por porte ilegal de arma de fogo.

Mais de 40 mulheres já prestaram depoimento contra o médico, que chegou a ligar para as pacientes prometendo procedimentos estéticos em troca de que elas mudassem a versão dos ocorridos.

A polícia cumpriu mandados de busca e apreensão e levou consigo equipamentos eletrônicos, armas, documentos, medicamentos, lubrificantes íntimos, preservativos e outros objetos.

Como o consultório do médico estava muito sujo, com instrumentos enferrujados, medicamentos vencidos e lixo descartado de forma irregular, o Conselho Regional de Medicina do RS (Cremers) abriu sindicância "para investigar a existência de ilícito ético no exercício da Medicina".

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários