Novo suspende vereadoras que brigaram em banheiro da Câmara Municipal de SP

O Partido Novo, que já vinha sofrendo com uma saída em massa de filiados, agora está tendo que amenizar uma briga entre vereadoras de São Paulo, com direito a puxões de cabelo, arranhões e até sufocamento.

O caso ocorreu na noite de quarta-feira (10). As parlamentares Cris Monteiro e Janína Lima, que são do mesmo partido, tiveram uma acalorada discussão por conta do tempo de fala de cada uma. A briga começou no plenário da Casa e, ali mesmo, quase elas chegam aos tapas. Mas, se limitaram a gritos, empurrões e dedos na cara.

Mas, foi no banheiro da Câmara que tudo chegou “aos finalmente” e, daí por diante, as explicações são divergentes.

Cris Monteiro diz que a colega de partido a empurrou contra a parede e agarrou o seu pescoço, até que ela caísse no chão. Além disso, arrancou sua peruca (ela tem alopecia) e a pisoteou. Ela foi socorrida por um guarda e uma assessora, que tiveram que arrombar a porta do banheiro.

Janaína Lima, por sua vez, mostrou gravações da Câmara que, segundo ela, comprovam que Cris Monteiro foi quem partiu para a briga primeiro e ela só agiu em legítima defesa.

Em nota, a legenda disse que está analisando o caso por meio de sua Comissão de Ética Partidária, informou que a suspensão da filiação de Cris Monteiro e Janaína Lima vai durar até o fim da apuração do episódio.

- O partido não corrobora com nenhum ato de violência. Outras providências poderão ser adotadas após o esclarecimento dos fatos, dentro das instâncias partidárias adequadas - informou o diretório nacional.

O presidente da Câmara Municipal, vereador Milton Leite (DEM), também estava surpreso com a agressão entre as duas parlamentares e disse que a Casa deve ser vista como um “espaço democrático”.

- Não admito nenhuma agressão dentro deste espaço democrático que é a Câmara. Todo tipo de violência é lamentável – escreveu em nota.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários