UEMG é criticada por usar “linguagem neutra” em postagem

A Universidade do Estado de Minas Gerais (UEMG), de Divinópolis, causou polêmica nas redes sociais ao postar mensagem utilizando a linguagem neutra.

- Nesta segunda-feira (3), serão iniciadas as atividades acadêmicas dos estudantes veteranes da UEMG Divinópolis. Sejam todes bem-vindes. Bem-vindes estudantes veteranes - escreveu a instituição.

Os internautas criticaram, imediatamente, a postagem, afirmando que o dialeto neutro não está inserido no aprendizando da norma culta e pediram que o Governador Romeu Zema (Novo) interferisse no caso.

- Alô Romeu Zema! Sua secretária de educação está precisando rever a gramática da língua portuguesa! A Universidade Estadual de Minas Gerais está deseducando – alertou um seguidor.
- Que vexame! – disse outra.

A UEMG respondeu aos comentários afirmando que “a intenção da postagem não foi descaracterizar a língua portuguesa, mas sim, pluralizá-la”.

Também, nesta semana, a Universidade Estadual do Rio Grande do Norte já havia feito postagem parecida, utilizando o dialeto da comunidade LGBT. Segundo a UERN, uma pauta perseguida por conservadores.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários