Dias antes de morrer, menino diz à amiga: “Dá um Glória a Deus que eu vou pro céu”

O menino Luigi, de apenas 9 anos, tomava banho de piscina na escola onde estudava, em São Vicente, interior de São Paulo.

O garoto estava com mais 18 crianças na piscina do colégio, quando, de repente, ele afunda na piscina e não volta mais.

A professora, que fazia a viagilância dos menores, ainda o pega com vida, segundos depois de afundar. Mas, levado ao hospital o menino, não resiste e falece.

A mãe de Luigi contou à polícia que, na semana anterior, ele tinha desmaiado em casa.

Já o pai do menino, Rafael, disse que a família só ficou mais confortada após uma amiga da igreja contar a eles que o garoto disse a ela que "desse um Glória a Deus porque ele ia para o céu".

– No domingo (antes da morte), estivemos no culto (…). Ao término do santo culto, ele abraçou uma irmã e disse “dá um glória a Deus que eu estou indo para o céu”. Após receber a mensagem dessa irmã, Deus nos confortou grandemente – contou Rafael.

A polícia suspeita que o menino tenha sofrido um mal súbito.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários