Cazzaniga "namora" por 15 anos mulher que se passava por Alessandra Ambrósio

Um jogador da Itália chamado Roberto Cazzaniga, de 42 anos, perdeu o equivalente a 700 mil euros em virtude de um golpe que lhe foi aplicado. É que o atleta de vôlei acreditou que, por anos, falava ao telefone com a supermodelo brasileira Alessandra Ambrósio, de 40 anos. Mas, na verdade era vítima de um crime.

Cazzaniga, que joga na segunda divisão da liga italiana de vôlei e é considerado pelos amigos como "amável, introvertido e ingênuo", ainda ia passar muitos anos enviando dinheiro para a "misteriosa" mulher, se não fosse a interferência de colegas de equipe, familiares e amigos que desconfiaram das desculpas da "namorada" para vê-lo.

A questão foi parar na polícia e as investigações concluíram que três pessoas participavam do golpe: uma ex-amiga do atleta, o namorado dela e outra mulher de 50 anos. Esta última era a que sempre falava com o jogador ao telefone e dizia ser Ambrósio.

Cazzaniga ficou 15 anos "namorando" a suposta modelo somente por áudios. O caso continua sob investigação.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários