TV Globo vai deixar de operar em 43 países

Após 22 anos, a Rede Globo, emissora pioneira no Brasil em transmissões internacionais, vai encerrar 43 filiais na Europa, em 31 de dezembro de 2021.

Mas, a empresa da Família Marinho desmentiu que o fechamento seja em virtude de crise financeira que assola a emissora carioca e disse que o Globoplay deverá atuar nessa área substituindo o encerramento das sedes no exterior.

Somente a filial de Portugal terá as operações mantidas.

- Iremos mudar de casa na Europa. A Globo Internacional será desligada das operadoras de televisão na Europa, com exceção de Portugal, em 31 de dezembro de 2021. Mas não vamos dizer adeus! Você agora pode assinar o Globoplay e ter acesso aos programas do canal e a um mundo de conteúdos. São sete canais ao vivo e muitos programas para você ver a hora que quiser - alegou a Globo em comunicado para os telespectadores europeus.

A Rede Globo vem fazendo uma série de demissões há três anos ininterruptos. Tem também rescindido contratos de trabalho, diminuído salários, cortado regalias e colocado artistas e coloboradores no modelo CLT. Isso porque, em 2022, vence a concessão de 15 anos da empresa e o Governo do presidente Jair Bolsonaro já avisou que veículos de comunicação, sem os impostos em dia e sem a demonstração de que podem realmente arcar com os custos de operação, não terão a permissão renovada.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários