Príncipe Philip deixou parte da herança para funcionários

O príncipe Philip, que faleceu no dia 9 de abril deste ano, aos 99 anos, deixou uma fortuna pessoal de 30 milhões de libras esterlinas, o equivalente a cerca de R$ 224 milhões, para ser distribuída conforme sua vontade expressa em testamento.

Apesar de ter deixado a maior parte de seus bens para sua esposa, a Rainha Elizabeth II, ele resolveu beneficiar também alguns de seus funcionários mais próximos.

- Diferente de outros da realeza, príncipe Philip será generoso com três homens que cuidaram dele. Isso inclui seu secretário particular, o Brigadeiro Archie Miller Bakewell, seu pajem [espécie de serviçal] William Henderson e o valete [atendente pessoal] Stephen Niedojadlo - revelou um informante.

O valor destinado a cada um deles não foi divulgado, mas seria uma forma de agradecimento pelo apoio dado ao príncipe em seus últimos anos de vida.

Bakewell chegou a substituir Philip quando este não conseguia cumprir todos os seus compromissos, e Henderson e Niedojadio se revezavam em prestar os melhores cuidados ao príncipe, principalmente nos últimos dias antes de sua morte.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários