VÍDEO: Jovem tem o corpo queimado após utilizar aplicativo de namoro

Um jovem de 23 anos ficou com 15% do corpo queimado depois que ele utilizou um aplicativo de namoro. O caso aconteceu em Belo Horizonte, Minas Gerais.

O rapaz vinha mantendo contato com o perfil de uma mulher em um app de paquera, há três meses. Ele tentou encontrá-la pessoalmente, mas ela sempre inventava desculpas. Um dia, a moça disse que um amigo homossexual iria intermediar o caso.

O amigo seria um homem chamado Matheus que, como estava “auxiliando” o “casal”, pediu para que o jovem o ajudasse a fazer o transporte de uma mudança. Ao chegar no local, o rapaz foi atacado com água e óleo quente da cintura até o rosto.

Um dia após deformar o rapaz, Matheus apareceu na casa dele. Mas, reconhecido por vizinhos, ele acabou impedido de sair e foi preso.

Ele confessou que usava o perfil de mulheres para marcar encontros com homens e admitiu que vigiava e sentia muito ciúmes do auxiliar administrativo.

Assista:

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários