Exército reúne com TSE hoje para garantir segurança das urnas eletrônicas

Uma comitiva de 10 oficiais do Exército Brasileiro pretende se reunir com a equipe de tecnologia da informação do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), nesta quinta-feira (2), para discutir formas de se garantir a segurança das urnas eletrônicas no pleito do ano que vem.

O TSE, comandado pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Luis Roberto Barroso, deve aguardar que o Major Monteiro, que é especialista em defesa cibernética militar, compareça ao Teste Público de Segurança das urnas; já que a própria Polícia Federal apontou insegurança no equipamento.

O engenheiro Carlos Rocha, líder da equipe que construiu a urna eletrônica há 25 anos, disse que o equipamento precisa de atualizações e o considera vulnerável.

O presidente Jair Bolsonaro tem, frequentemente, feito críticas ao sistema de votação e a base governista até tentou aprovar a impressão do voto eletrônico; mas não teve êxito. Agora, ele pretende pedir ajuda ao Exército para fiscalizar a eleição.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários