Mais de 17 mil ex-funcionários entram na Justiça contra a Globo

A Rede Globo está sendo processada por nada menos que 17 mil ex-funcionários, desde que unificou o Grupo e juntou ações de todas as empresas.

Entre as principais reivindicações dos ex-colaboradores estão: comprovação de vínculo empregatício e acúmulo de funções.

Apesar do número gigantesco de processos, o departamento jurídico da emissora diz que monitora tudo de perto.

A “poderosa” pedirá o ano que vem nova concessão de 15 anos para o Governo Federal, mas o presidente Jair Bolsonaro já disse que, para ter o pedido renovado, a empresa de comunicação precisa estar em dia com a Justiça Trabalhista, com os impostos e também comprovar que pode manter-se sozinha.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários