Lula vai à Argentina receber prêmio de "direitos humanos"

Na continuação de sua tour pelo mundo, o ex-presidente e ex-presidiário Luiz Inácio Lula da Silva, do PT, vai à Argentina dos amigos Kirchner para receber um prêmio.

No país devastado pela cambaleante política de Alberto Fernández, que instituiu o mais rigoroso e longo lockdown do planeta e quebrou várias empresas, Lula será recebido com honras de "chefe de Estado".

O Governo de Fernández pretende entregar ao petista o Prêmio Azucena Villaflor, por sua suposta luta por "direitos humanos". É que aliados políticos de Lula acreditam que ele foi preso por "abuso da justiça brasileira e perseguição de adversários".

Lula desistiu de fazer andanças pelo Brasil. Ele foi aconselhado por assessores a evitar o "corpo a corpo" com os brasileiros por medo de violência.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários